O que fazer em Vancouver

O que fazer em Vancouver  – As melhores dicas de Vancouver que não podem faltar em seu roteiro

O que fazer em Vancouver – Vancouver pode não ser considerada a cidade mais histórica do Canadá, nem tão pouco como o principal centro financeiro do país, mas Vancouver é sim uma mescla incrível do urbano rudimentar com o semblante calmo e também intenso da natureza.

Se apresenta totalmente cercada pelo mar de um lado e do outro cercada por lindas montanhas repletas de florestas verdejantes, mas que no inverno ganham o brilho intenso do branco da neve. A cidade atrai muitos visitantes devido principalmente à própria qualidade de vida de que dispõe.

No entanto, não se engane, mar de um lado, montanhas e natureza de outro, mas Vancouver também é considerada uma cidade urbana, com todas as facilidades que se espera encontrar em um grande centro urbano como lojas, restaurantes, comércio em geral, shoppings, praias e muito mais.

Neste post você irá encontrar: Um pouco sobre Vancouer, Transporte em Vancouver, O que fazer em Vancouver, Onde fazer compras em Vancouver, Onde se Hospedar em Vancouver, Museus e Praças em Vancouver, As melhores praias de Vancouver, Melhor época para visitar a cidade e muito mais…

No final do Post você irá encontrar várias dicas de como economizar em sua viagem: Passagens, Chip de Internet, Aluguel de Carro, Seguro Viagem e Hotéis.

Enfim, confira nesse post tudo O que fazer em Vancouver e as melhores dicas de Vancouver.


Um pouco de História:

Vancouver é considerada uma cidade portuária costeira, localizada no oeste do Canadá, mais exatamente na região de Lower Mainland, província canadense da Colúmbia Britânica. Também é considerada a cidade mais populosa da província, com aproximadamente 2.4 milhões de habitantes (Censo 2017) e também a cidade com a melhor qualidade de vida em todo o mundo.

E de onde veio este nome: Vancouver? Recebeu este nome de George Vancouver, um explorador do século XVIII que explorou o porto de Burrard Inlet em meados de 1792 e batizou com nomes britânicos diversos locais da região.

O nome de família Vancouver é originário do neerlandês “Van Coevorden” onde, os ancestrais do explorador, ao partirem para a Inglaterra de Coevorden, vieram a criar então o nome “Vancouver”.

Restos arqueológicos da região indicaram que os povos aborígenes viviam por lá a cerca de três mil anos atrás, mas Vancouver sofreu uma intensa colonização europeia, a partir do século XVIII.


CHIP DE INTERNET NO CANADÁ:

Quer ter internet durante toda a sua viagem, manter seu número de WhatsApp, sair com o Chip do Brasil e ainda ter 15% de desconto? É simples! Compre seu Chip com nosso parceiro EASYSIM4U e receba o chip em sua casa! Internet em até 140 países: Basta acessar o site EASYSIM4U CLIQUE AQUI e utilizar o cupom de Desconto de 15% : VBPM15 O desconto é válido para todos os planos, mas só irá funcionar se você clicar no link acima . Ou para maiores informações sobre o chip da EASYSIM4U  CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS 

Sobre a cidade:

Vancouver conta com pessoas oriundas de diversas partes do país e do mundo, ou seja, uma mescla de etnias, línguas e costumes dos mais variados possíveis. Como estamos falando de Canadá e, especificamente de Vancouver que está na costa do Pacífico, muita gente acredita ser uma região intensamente fria.

Só que em Vancouver não faz tanto frio como em outras regiões do país. Como diversão, no inverno, a cidade conta com o esqui como uma das principais atrações, mas, no verão, modéstia à parte a época mais alegre de Vancouver, você terá praias lotadas, ruas tomadas por diversos turistas do Canadá e de todo o mundo, com diversas atividades ao ar livre e com uma atmosfera prazerosa que toma conta de toda a cidade.

Vancouver é linda, com uma paisagem deslumbrante. Na cidade você pode caminhar ao ar livre, com barcos transitando por todos os lados; é uma cidade moderna, com muita variedade em entretenimento como restaurantes, cervejarias, vida noturna intensa, trilhas e esportes montanhosos para a vida diurna entre muitas outras possibilidades de diversão.


Dicas de Vancouver – Informações importantes para sua viagem

Existem algumas informações das cidades onde pretendemos visitar que nos passam desapercebidos ou mesmo não queremos dar tanta atenção. Talvez porque acreditemos que estas informações não sejam tão importantes assim.

Engana-se quem pensa assim. Estas informações, chamadas de “informações úteis”, são de muita valia. Então é bom anotar:

· A moeda oficial em Vancouver é o dólar canadense (CAD);

· Não são exigidas vacinas específicas para visitar o Canadá

· A rede elétrica no Canadá é de 120V/60Hz. As tomadas são as de 2 pinos chatos;

· A língua oficial é o inglês e o francês;

· A região de Vancouver faz frio intenso e calor intenso também. Assim, é sempre bom consultar a previsão do tempo e ter reservas de agasalhos em sua bagagem;

· Outro item importante para se lembrar ao visitar Vancouver é o guarda-chuva. Na cidade chove-se muito, então, o conhecido guarda-chuva torna-se indispensável;

· Quanto à segurança, Vancouver é considerada uma cidade super segura, tanto de dia como a noite. No entanto, não se deve abusar da sorte: evite andar com muito dinheiro em espécie ou equipamentos eletrônicos de alto valor, principalmente de madrugada e por locais desconhecidos e que não constem nos principais roteiros da cidade;

· A cidade tem uma área total de 114Km², entre terreno plano e montanhoso;

· O fuso horário padrão de Vancouver é o UTC -8;

· O visto, em língua portuguesa, pode ser obtido acessando o Centro de Solicitação de Vistos (CSV) através do link: (http://www.vfsglobal.ca/Canadá/Brazil/). Não é possível obtê-lo diretamente na embaixada do Canadá;

· Moradia: o aluguel de imóveis em Vancouver, no centro, tem a média de R$ 4.400,00 em um apartamento de 1 quarto; nos bairros, para o mesmo apartamento, a média é de R$3.200,00;

· A refeição em Vancouver, considerando um restaurante barato, custa em torno de R$ 37,00 (1 pessoa); bebidas, como cerveja, por exemplo, tem um custo médio de R$ 15,00 (as artesanais são mais caras) e o refrigerante R$ 5,30;

· Importante: o Consulado-Geral do Brasil em Vancouver é o local mais apropriado para se procurar caso necessite de alguma assistência no exterior e esteja principalmente nos territórios canadenses da Colúmbia Britânica, Alberta, Saskatchewan, Yukon e Territórios do Norte, pois são exatamente estes lugares que o nosso consulado tem jurisdição.

Caso perca documentos, precise de procurações, reconhecimento de firma e/ou necessidade de emissão de um passaporte emergencial ou outro documento qualquer, contate diretamente o Consulado por e-mail, telefone ou mesmo presencialmente. Abaixo seguem as informações:

Ø 666 Burrard Street Suite 2020 (20º andar) , Vancouver – CEP: BC V6C 2X8

Ø Telefone: 1 (604) 696-5311

Ø Site: http://vancouver.itamaraty.gov.br/pt-br/

SEGURO VIAGEM: 
Ainda não tem Seguro Viagem? Faça sua cotação na SegurosPromo! Ela faz a comparação em várias seguradoras e com certeza você irá encontrar o melhor valor. Além disso, nossos seguidores ainda tem 5% de Desconto na hora de pagar, só utilizar o código VBPM5. Para garantir o seguro viagem com o melhor preço CLIQUE AQUI !O Pagamento é feito no cartão de crédito ou boleto (Se escolher no boleto ainda ganha mais 5% de desconto). Ou para maiores informações sobre o seguro CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.


· Transporte em Vancouver:

O centro de Vancouver o melhor transporte mesmo é andar a pé e deslumbrar-se com a vista e as suas lojas. Se você pretende ir mais longe, claro que a cidade oferece muitas opções de transporte, como:

1. Bicicletas: você pode alugar uma facilmente nas diversas lojas disponíveis, e andar de bicicleta em Vancouver é um dos passeios mais imperdíveis e tradicionais, principalmente no lindíssimo Stanley Park.

2. Transporte Público: o transporte público em Vancouver é administrado por uma empresa chamada TransLink e é totalmente integrado, composto por ônibus, metrô de superfície (os chamados SkyTrain) e os barcos (conhecidos pelo nome de Sea Bus).

Como todos os veículos funcionam de maneira integrada você pode, por um período de 90 minutos, baldear entre os meios de transporte pagando uma única passagem, que custa aproximadamente R$ 6,90.

3. Táxis em Vancouver são considerados um pouco mais caros, apesar de serem muito úteis para viagens curtas e em momentos chuvosos ou de muita pressa.

ALUGUEL DE CARRO EM VANCOUVER:

Quer alugar um carro EM VANCOUVER? É bem simples! Reserve seu carro na Rentcars – CLIQUE AQUI !!!  Eles comparam em mais de 100 locadoras de veículos, encontrando sempre o menor preço! Pagamentos em até 12x no cartão, sem a cobrança do IOF ou no boleto bancário com 5% de desconto . Para maiores informações, CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS


Onde se divertir em Vancouver:

Que Vancouver é uma cidade deslumbrante, isto nós já falamos. Que possui um grande centro urbano, com toda a movimentação de um “centro urbano”, com lojas, restaurantes, parques e praças, etc., também. Mas o que não falamos com exatidão é o que a cidade pode oferecer como lazer, diversão, seja de dia, para quem prefere muita luz ou seja de noite, para quem gosta de uma vida mais agitada.

Tem muita coisa boa para se fazer em Vancouver, sendo possível passar vários dias conhecendo diversos lugares novos e absolutamente lindos. A atmosfera alegre da cidade e seu relevo bem sinuoso incentivam, com certeza, as atividades realizadas ao ar livre, como um fabuloso trekking nas montanhas, para quem gosta da natureza, de aventura e de desafios, ou passeios mais calmos de bicicleta pela cidade.

Vamos tentar dar um resumo do que fazer em Vancouver. Mas vale lembrar que tudo vai depender de sua curiosidade em descobrir lugares novos, atrações diferentes e que cada um tem seu próprio gosto peculiar. Anote aí estas sugestões:

  •  A vida noturna: muita gente gosta de aproveitar tudo que a noite tem de bom e tudo que uma cidade como Vancouver pode oferecer de atrações a noite. Sejam atrações mais movimentadas, bares, pub’s, agitos ou mais calmas como um requintado restaurante com vista privilegiada, por exemplo.

É preciso comentar, antes de mais nada, que Vancouver foi invadida há tempos por uma febre por cervejarias artesanais que ganhou a cidade, seja de noite ou de dia. Assim, principalmente para quem gosta da bebida, é impossível visitar Vancouver sem ir à um destes bares ou restaurantes que servem estas maravilhosas e deliciosas cervejas artesanais. Vale a pena conferir e se deliciar.

Voltando à vida noturna, o conhecido centro de Vancouver é o local onde se apresentam os principais pontos de interesse da cidade e, consequentemente, da noite. Um bom exemplo é a Granville Street que reúne inúmeros bares diferentes, casas noturnas agitadíssimas e a rua, muitas vezes, chega até a fechar para a circulação de veículos nos fins de semana, exatamente por conta da grande quantidade de pessoas em circulação.

É exatamente neste lugar que você consegue encontrar uma galera mais jovem e agitada, fervorosa, por assim dizer, e também é neste local onde existem vários pubs e boates que funcionam até altas horas.

Outro lugar muito interessante é um dos bairros mais antigos da cidade, o Gastown, que conta com alguns bares com cervejas a preços bem interessantes, como a Lamplighter Public House. Ao visitar a região, a grande sacada é ir a Water St, onde estão localizados diversos pubs e bares para todos os gostos. O Alibi Room ou Steamworks Brewing Company, por exemplo, são os melhores para uma boa degustação das famosas cervejas artesanais de que falamos.

Outro bairro que deve fazer parte de seu roteiro é o de Yaletown onde suas conhecidas ruas Mainland e Hamilton possuem outras tantas cervejarias, bares e ótimos restaurantes para se curtir de noite. Duas boas sugestões são a Yaletown Brewing Company e o Bar None, fantásticos para quem adora dançar e petiscar, bem acompanhado por um leque de opções de bebidas e, claro, a cerveja.

Você prefere um lugar mais calmo, para curtir a noite a dois ou mesmo em casal? Não tem problema, a grande dica neste caso é jantar e tomar um bom vinho no The Flying Pig.

Mas se de repente você prefere uma aventura, à noite, pode acreditar que Vancouver pode lhe agradar também. Na grande maioria das montanhas em Vancouver é possível sim esquiar a noite pois os percursos são todos iluminados. A Grouse Mountain, por exemplo, conta com 13 descidas bem iluminadas, tornando-se totalmente possível e seguro esquiar durante a noite e, de quebra, apreciar a bela vista do topo da cidade toda iluminada lá embaixo.

Lembra daquele “requintado restaurante com vista privilegiada”? Ele existe, é o The Observatory, que fica na própria montanha e possui uma vista simplesmente fantástica de toda Vancouver. Uma experiência única.



As Praias: As melhores Praias de Vancouver:

Sendo brasileiro, principalmente os que vivem em cidades litorâneas como Rio de Janeiro, litoral sul de São Paulo, etc., provavelmente, ao viajarem para o Canadá, não irão pensando em visitar “praias”. Mas saiba que as praias são um atrativo muito visitado por turistas canadenses e de todo o mundo em Vancouver.

  • English Bay Beach: é uma praia considerada urbana e é super popular em Vancouver. Está localizada em um local privilegiado, com muito comércio, vários restaurantes e bares e, talvez inclusive por isto, tenha esta popularidade.

No verão, a praia chega a ser um dos points da cidade, mesmo considerando o mar gelado e que talvez pouca gente venha a se aventurar a entrar na água. Mas a areia da praia, com certeza, ficará “quente” com a presença de tantas pessoas.

  •  Kitsilano Beach: sem dúvida alguma é sim um dos principais points no verão de Vancouver. A praia está estrategicamente localizada na frente da English Bay que é uma das preferidas escolhas da maioria dos moradores da cidade para se jogar vôlei de praia ou mesmo praticar diversas atividades próximo ao mar.

Próximo à praia ainda existe uma piscina que é pública, várias quadras esportivas, um lindo parque totalmente gramado, local preferido das pessoas para realizarem festas e piqueniques, conta ainda com ciclovia, comércio, restaurantes, entre outras atrações.

  • Wreck Beach: para quem quer ousar, a Wreck Beach é o local ideal. Apesar de não ser considerada oficialmente uma praia de nudismo, em sua entrada existe uma placa que diz, para todos que frequentarem a praia, que o uso de roupas ali é totalmente opcional. Assim, ao chegar na praia, fica a seu critério tirar todas as suas roupas ou não.
  • Localizada bem pertinho da University of British Columbia, é uma praia um tanto diferente, por assim dizer. A praia está cercada por inúmeras árvores e está localizada um nível abaixo da rua, sendo necessário descer vários degraus de escada para chegar até ela. É uma praia considerada alternativa, geralmente frequentada por pessoas de todas as idades, embora os jovens sejam a grande maioria.

Praças e Museus em Vancouver:

Um lugar lindo como Vancouver, com belas montanhas e o mar do outro lado, há quem pense que um lugar assim nem precisaria de parques ou jardins. Mas eles existem sim, e não é preciso dizer que são deslumbrantes.

Um bom exemplo é o Queen Elizabeth Park que, para quem gosta de natureza, de jardins e de plantas, não pode, de forma alguma, deixar de visitá-lo. O parque conta com uma linda ornamentação de plantas onde misturam-se diferentes espécies, com diferentes formas também, tamanhos e cores, o que dá forma à um lindo jardim.

No mesmo parque ainda, existe um local que é chamado de Bloedel Floral Conservatory. Neste local foi criado um enorme viveiro de vidro, com várias espécies lindas de pássaros.

Outro parque imperdível é o Lynn Canyon Park, que também conta com uma ponte suspensa. Como se sabe, a ponte suspensa mais famosa de Vancouver é a Capilano Bridge, mas o preço do ingresso à mesma é um tanto amargo, aproximadamente R$ 95,00 por pessoa.

Como alternativa, as pessoas visitam a ponte suspensa do Lynn Canyon Park que, além de muito bonito também, pode surpreender mais ainda do que a Capilano. O lugar é super preservado e conservado. Conta ainda com um pequeno cânion onde passa um riozinho com águas cristalinas e possui inclusive uma cachoeira. Neste mesmo rio, existe um ponto em que se forma uma espécie de piscina natural, local este onde as pessoas aproveitam para mergulhar, pular das pedras e se refrescar. No parque é possível percorrer diversas trilhas diferentes. É muito verde, é muita paz e beleza.

Para finalizar a relação de parques, não podíamos deixar de citar o Stanley Park, um parque praticamente urbano, com aproximadamente 4Km² de área total, o que o torna maior inclusive que o próprio Central Park em NY. Uma imensa área verde no meio de uma desgastante área urbana é, verdadeiramente, um colírio para os olhos.

Agora que tal conhecer o Vancouver Lookout. Não é exatamente um museu, longe disto, mas é um observatório localizado a 168 metros de altura. Isso mesmo, 168 metros de altura com uma vista de 360º da cidade de Vancouver. É ideal para localizar diversos pontos de interesse na cidade ou mesmo pra conhecer um pouco mais da geografia da mesma. Para subir até lá, você enfrenta um elevador de vidro, pois o Vancouver Lookout é localizado dentro do edifício Harbour Centre. A subida dura cerca de 40 segundos e, por ser de vidro, você já começa daí a maravilhar-se com a vista.

Emocionante mesmo é visitar o FlyOver Canadá. Também não é um museu. Na verdade, trata-se de um simulador que proporciona a incrível experiência de voar por todo o Canadá. Deste modo, você se senta em uma estrutura disposta com diversos bancos, aperta bem os cintos e parte para o voo panorâmico, podendo apreciar algumas das mais incríveis paisagens não só de Vancouver como de todo o Canadá.

Mas falando em museus e para quem é fã da velocidade, que tal visitar o Deeley Motorcycle Exhibition. O museu conta com uma imensa quantidade de diferentes tipos de motocicletas, em sua grande maioria icônicas. O museu é aberto todos os dias, das 10:00hs as 17:00hs.

Outro museu onde a visitação é obrigatória é o Vancouver Maritime Museum. Trata-se de um museu temático surpreendente que conta a história da marinha do Canadá. Não é um museu muito grande, mas é o local ideal para ir com a família, principalmente para quem gosta de navios e/ou tem filhos pequenos. O museu possui muitos dados históricos da marinha e do Canadá e conta ainda com diversas atividades lúdicas, exposição de miniaturas de navios, simuladores, várias exposições sobre o porto de Vancouver, tem lojas de souvenires, lanchonetes, etc.


Vamos às compras? Onde fazer compras em Vancouver:

Vancouver, por ser considerada a cidade com a maior área metropolitana de todo o oeste do Canadá, é considerada também um ótimo lugar para fazer compras. Conheça alguns destes locais na cidade e boas

  •  Yaletown: o conhecido e badalado bairro de bares e cervejarias também é um ótimo lugar para fazer compras com suas diversas lojas de grife, joalherias e até alguns pequenos outlets. No bairro você encontra ainda algumas lojas de antiguidades, boutiques, artesanatos e, claro, os já citados bares, restaurantes e cervejarias artesanais.
  •  Robson Street: nesta famosa rua, com certeza, você encontrará de um tudo, desde utilidades domesticas até roupas das maiores grifes. Esta rua possui, sem dúvida alguma, as melhores lojas da cidade, bem como hotéis e restaurantes dos mais variados gostos e bolsos.

No entanto, é bom avisar, o “bolso” na região precisa estar um tanto cheio, pois os preços são considerados um tanto altos. Mas vale a pena visitar e procurar por ofertas de momento.

  •  Pacific Center Mall: e por que não um shopping? Por estar próximo do centro da cidade, o Pacific Center Mall é uma ótima opção para quem não está com tanto tempo, mas, mesmo assim, não pode deixar suas comprinhas de lado. É considerado ainda um dos melhores e maiores shoppings da cidade, com mais de 100 lojas à disposição de seus clientes.
  •  Bairro Gastown: outro bairro ótimo para realizar aquelas comprinhas, principalmente para os turistas pois você encontrará muitas lojas de lembrancinhas, camisetas estampadas com a famosa folha de maple, muitos chaveiros, bandeiras do Canadá e brindes de todo o tipo.
  •  Shopping Metropolis Metrotown Vancouver: este é o maior shopping e também o mais frequentado, ficando a praticamente 15 minutos do centro de Vancouver. Possui mais de 400 lojas e, neste shopping, com certeza você encontrará de tudo: móveis, eletrônicos, roupas, calçados, souvenires, etc. Por ter muitas lojas e preços mais acessíveis, é mais procurado por turistas e visitantes da cidade.
  •  Grandville Island Vancouver: aqui a proposta é outra. O Grandville Island é na verdade um centro cultural de Vancouver e neste local maravilhoso você encontrará uma infinidade de restaurantes, teatros, galerias de arte, o mercado público, lojas, boutiques e muito mais. Não dá para visitar Vancouver e não ir no Grandville Island. Anote aí.

Onde se hospedar em Vancouver:

Existem muitos locais para diferentes gostos e diferentes bolsos para se hospedar em Vancouver. Além do “gosto e bolso”, tudo vai depender também do motivo da visita: turismo, estudos, negócios/trabalho com direito a lazer, moradia temporária, etc.

Deste modo, você tem todas as diversas opções disponíveis como em qualquer grande metrópole ou cidade turística: alojamentos, hotéis finos, hotéis mais acessíveis, aluguel de apartamentos, hostels e muito mais. No entanto, nenhuma das opções disponíveis de hospedagem no Canadá são consideradas baratas. Por isso, o melhor mesmo é verificar hospedagens com antecedência.

No entanto, vamos tentar lhe dar algumas dicas dos melhores locais para se hospedar em Vancouver, pensando na variação de gostos e de preços também. Confira:

  •  L’Hermitage Hotel: este hotel leva certa vantagem porque está muito bem localizado, no centro de Vancouver. Deste modo você tem comercio, transporte, principais pontos turísticos etc., tudo bem mais perto e acessível. O hotel é considerado 4 estrelas e os preços mais em conta das suítes variam de R$715,00 a R$900,00.

Localização: 788 Richards Street, Vancouver, British Columbia V6B 0C7, Canadá.

  •  Coast Coal Harbour Center: com vista para as montanhas e também muito bem localizado no centro de Vancouver, o Coast Coal Harbour Center possui piscina ao ar livre, bar, um requintado restaurante, academia, bussiness center, spa e sistema Wi-fi disponível em todo o hotel. Os preços variam entre R$650,00 e R$800,00, um pouco mais acessível que o Hermitage.

Localização: 1180 West Hastings Street, Vancouver, British Columbia V6E 4R5, Canadá.

  •  The Sutton Place Hotel Vancouver: é com certeza um dos mais requintados hoteis de Vancouver. Também muito bem localizado, na Vancouver Downtown, o hotel oferece aos seus hóspedes quartos muito aconchegantes e com uma decoração clássica e elegante; o restaurante possui serviço completo, tem ainda um dos melhores spas de toda a Vancouver e também um club, bem ao estilo britânico, chamado Gerard Lounge.

Apesar de todo o requinte e serviços oferecidos aos hóspedes, os preços das suítes mais em conta são bem acessíveis quando comparado aos demais hotéis, variando entre R$852,00 a R$1.000,00 (não considerando as taxas).

Localização: 845 Burrard Street, Vancouver, British Columbia V6Z 2K6, Canadá.

  •  Aubergue Vancouver Hotel: apesar do nome, não tem nada a ver com um albergue. Trata-se de um hotel, também muito bem localizado no centro da cidade. É considerado por muitos um dos melhores em Vancouver, oferece a maioria dos serviços e opções de um bom hotel como TV nos quartos, banheira, café da manhã e bar do hotel.

É um 4 estrelas, com preços variando entre R$ 960,00 a R$ 1.031,00, considerando as suítes mais em conta.

Localização: 100-837 Hastings St W, Vancouver, British Columbia V6C 1B6, Canadá.

 

RESERVE SEU HOTEL EM VANCOUVER:

Precisa reservar seu hotel? Confira os descontos do Booking. Valores excelentes e uma ótima forma de pagamento. CLIQUE AQUI E CONFIRA


Onde comer em Vancouver:

Por ser uma cidade com muitos turistas e muitas etnias diferentes, é de se considerar que você encontrará uma variedade imensa de restaurantes, bares, etc., oferecendo os mais variados pratos e cardápios também. Com certeza um destes irá agradar os mais exigentes paladares.

Frutos do mar, peixes, principalmente o salmão, serão com certeza encontrados com grande abundância em Vancouver.

E por que não comer em Granville, uma linda ilha e um grande ponto turístico de Vancouver. Lá você encontrará o Granville Island Public Market que é na verdade um mercado público que reúne diversos vendedores de frutas frescas e tem ainda diversas barraquinhas que também vendem aquelas comidinhas rápidas.

Outra grande sugestão, também na ilha Granville, é o Go Fish, que é um lindo restaurante, pequenininho e aconchegante e que serve os tradicionais fish & chips (peixes e batatas). Além da deliciosa comida, você ainda poderá apreciar a lindíssima vista do lugar.

Além da ilha Granville e seus restaurantes, vejamos algumas outras boas opções:

  •  Cactus Club Café: um restaurante encontrado em diversos pontos de Vancouver. Com um ambiente considerado “descolado”, o seu cardápio é bastante variado, com muitas opções de massas, saladas, carnes, sanduíches, peixes entre outros. Preços acessíveis.
  •  Edible Canadá at the Market: trata-se de um bistrô muito confortável localizado próximo do Granville Public Market, conta com um cardápio bem ousado e interessante. Este bistrô oferece ainda um prato diferente dos demais, o poutine com pato.

Sendo o poutine um prato típico do Canadá, no Edible, ele consegue ganhar alguns ingredientes mais refinados. Os preços dos pratos não são tão acessíveis assim, mas vale a pena conferir.

  •  Steamworks Brewing Company: lembra-se das cervejas artesanais de Vancouver? Então, o Steamworks Brewing Company, muito tradicional em Vancouver, é uma mistura de bar e uma enorme cervejaria. É um ótimo local para degustar diversos tipos de cervejas artesanais bem como realizar uma ótima refeição.

Apesar de bar e cervejaria, o cardápio é muito bem servido. Os preços podem ser considerados até acessíveis. Tudo dependerá de quanta cerveja você degustar.

  •  The Old Spaghetti Factory: como o próprio nome já sugere, é um restaurante especializado em massas. Claro que você não está na Itália, mas em Vancouver, principalmente no friozinho, as massas caem muito bem.

Oferece ainda ótimas entradas com sopa, prato principal e sobremesa, e o valor pode ser considerado acessível, em torno de R$50,00 o prato. O restaurante está localizado no antigo bairro de Gastown e conta ainda com uma linda decoração que nos remete a outras décadas.

Vai visitar Vancouver? Não deixe de visitar estes locais


Quantos dias ficar em Vancouver:

Vancouver, como já colocado, possui inúmeras opções ótimas de lazer, locais turísticos, restaurantes, bares, agitação noturna e muito mais. No entanto, ver tudo isto vai depender muito do tempo em que você irá permanecer na cidade.

Pensando então que você ficará pouco tempo na cidade, uma boa pedida é pegar o Vancouver Trolley Company que é um ônibus que visita os principais pontos turísticos da cidade. Desta forma, será uma ótima oportunidade para você apreciá-los de uma maneira mais rápida.

Utilizando-se deste ônibus você pode conhecer o Gastown Steam Clock, ou fazer compras na famosa Robson Street, pode explorar a deliciosa Granville Island (a ilha que já comentamos) e seu mercado público, que conta com inúmeras opções gastronômicas e de lazer ou mesmo ir ao Canadá Place, passar uma tarde pedalando no fantástico Stanley Park ou simplesmente assistir ao maravilhoso pôr do sol na praia English Bay Beach.

Se você puder ficar mais um pouquinho em Vancouver, se tiver mais tempo, a grande sugestão, além dos lugares citados acima, é visitar também mais alguns outros locais turísticos que são mais afastados do grande centro, a exemplo a Capilano Suspension Bridge, uma ponte suspensa e que é um ponto turístico imperdível para quem visita Vancouver.

Se você puder ficar pelo menos uma semaninha em Vancouver, suas opções de entretenimento aumentam bastante. Além de tudo que já foi citado anteriormente, você pode vir a conhecer outros diversos regiões turísticas da cidade e que estejam mais afastadas, por exemplo, como a capital da Columbia Britânica, Victoria, onde você conhecerá uma cidade tipicamente inglesa e com uma arquitetura muito atraente.


Vancouver ou Toronto?

Finalmente você se decidiu, vai viajar e o país dos sonhos é mesmo o Canadá. Não é por menos, pois o Canadá conta com lindas cidades e muitas regiões turísticas para visitação. Mas, sua dúvida não é o pais, é a cidade: Vancouver ou Toronto?

Para lhe ajudar a decidir, entenda um pouco de ambas as cidades e suas diferenças. Por exemplo, enquanto Toronto é um centro financeiro importante e é muito procurado para trabalho, que também com seu turismo característico e pode ser comparada com uma São Paulo, por exemplo, Vancouver é uma cidade com a melhor qualidade de vida do mundo, que também tem muitos pontos turísticos e lembra muito, por exemplo, os tempos de outrora do Rio de Janeiro.

No demais, as duas cidades se parecem muito: excelente transporte, muita segurança, boa hospedagem e ótima receptividade de turistas e visitantes, locais lindíssimos para visitação e dos mais variados.

Decidiu-se por Vancouver? Ótima escolha. É uma cidade linda, muito receptiva, segura e com certeza você irá se divertir muito. Há com certeza muito mais para se conhecer em Vancouver como restaurantes, bares, parques, museus, etc., etc., etc., que não citamos aqui, pois não haveria tanto espaço, não é mesmo?

Então, partiu Vancouver?

 

Dicas para Sua Viagem:

Procurando sua Passagem? Não deixe de ficar de olho em nosso site para receber as melhores promoções de passagens, se preferir você pode fazer sua pesquisa personalizada

Baixe nosso applicativo para receber todas as dicas e promoções em seu celular em tempo real, esta disponível gratuitamente da App Store e Play Store:

INTERNET EM VANCOUVER:

Quer ter internet durante toda a sua viagem, manter seu número de WhatsApp e sair com o Chip do Brasil?  CUPOM DE DESCONTO NO CHIP DE INTERNET ILIMITADA EM ATÉ 140 PÁISES da EASYSIM4U: 15% DE DESCONTO. Para ter esse desconto é bem simples, só colocar o código VBPM15!!!O desconto é válido para todos os planos.

RESERVE SEU HOTEL:

Precisa reservar seu hotel em Vancouver? Confira os descontos do Booking Valores excelentes e uma ótima forma de pagamento.

ALUGUEL DE CARRO EM VANCOUVER:

Quer alugar um carro em VANCOUVER? Reserve seu carro na RentCars!!! Pagamentos em até 12x no cartão, sem a cobrança do IOF ou no boleto bancário com 5% de desconto e ainda compara em mais de 140 locadoras de veículos, encontrando sempre o menor preço!

SEGURO VIAGEM:
Ainda não tem Seguro Viagem? Faça sua cotação na SegurosPromo! Ela faz a comparação em várias seguradoras e com certeza você irá encontrar o melhor valor. Além disso, nossos seguidores ainda tem 5% de Desconto na hora de pagar, só utilizar o código VBPM5. O Pagamento é feito no cartão de crédito ou boleto (Se escolher no boleto ainda ganha mais 5% de desconto).

Cupons de desconto para sua Viagem

 

Deixe um Comentário